E LEMBRE-SE! ...

... não te esqueças de agradecer ao bom Deus pelo dom maravilhoso da vida! L.s.N.S.J.C.!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

NATAL! Festa da vida!



NATAL! Festa da vida, da família, da fraternidade, solidariedade e partilha.
Natal! Tempo de encontro, de esperança, de reflexão, de sonho e de ternura!
Natal! Troca de presentes, celebração da vida, encontro de amor, de paz e de doação!
Natal de um novo tempo, que nos traz esperança de vida, compromisso com os irmãos de toda a terra.
Natal! Somando forças, partilhando projetos.
Tempo de nos lançarmos para a frente em caminhos de luz, para construir esperança!
Natal! É hoje, é amanhã.
É sempre Natal, se estivermos com Jesus e unidos entre nós!
Feliz Natal para todos!
Feliz Natal para as famílias, amigos e amigas!
Feliz Natal para todos os povos da terra!

Foto
Maria Antonieta Bruscatto, fsp

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

NOSSA Senhora de Guadalupe

Nossa Senhora de Guadalupe, popularmente chamada de Virgem de Guadalupe, é a padroeira do México e "Imperatriz da América", venerada pela Igreja Católica. A Virgem de Guadalupe é representada por um ícone da Virgem Maria, que teria aparecido ao índio da tribo Nahua, Juan Diego Cuauhtlatoatzin, em Tepeyac, noroeste da Cidade do México, em 9 de Dezembro de 1531. Atualmente este ícone está depositado no Santuário de Guadalupe, destino de peregrinações de milhões de devotos.
 
Sua festa litúrgica é celebrada em 12 de dezembro desde 1754, quando o Papa Bento XIV oficializou o título mariano. Nossa Senhora de Guadalupe, além de padroeira do México, é também reverenciada como padroeira da Cidade do México (desde 1737), padroeira da América Latina (desde 1945) e "Imperatriz da América" (desde 2000).

Aparição

Pelos relatos, a "Senhora do Céu" apareceu a Juan Diego, identificou-se como a mãe do verdadeiro Deus, fez crescer flores numa colina semidesértica em pleno inverno, as quais Juan Diego devia levar ao bispo, que exigira alguma prova de que efetivamente a Virgem havia aparecido. Juan foi instruído por ela a dizer ao bispo que construísse um templo no lugar, e deixou sua própria imagem impressa milagrosamente em seu tilma, um tecido de pouca qualidade feito a partir do cacto, que deveria se deteriorar em 20 anos mas que não mostra sinais de deteriorização até ao presente. Um estudo realizado no Instituto de Biologia da Universidade Nacional Autônoma do México, em 1946, comprovou que as fibras do tecido correspondem as fibras de agave, tais fibras não duram mais do que vinte anos.

Em ampliações da face de Nossa Senhora, os seus olhos, na imagem gravada, parecem refletir o que estava à sua frente em 1531 - Juan Diego, e o bispo. Porém, alguns acreditam que isto pode ser explicado pelo fenômeno da pareidolia. O assunto tem sido objeto de inúmeras investigações científicas. É venerada no Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe e a sua festa é celebrada em 12 de dezembro. (Wikipédia)

Salve Maria!

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!

domingo, 8 de dezembro de 2013

SALVE Maria Imaculada!

Madre Inmaculada,
Tú realizas nuestro ideal de Madre Purísima,
y lo eres para nosotros.
Por tu Inmaculada Pureza,
que al mirarte nos hagamos puros,
al escucharte nos apartemos del pecado,
y al hablarte vayamos hacia Dios, Hijo tuyo.
Que al contacto con tu pureza
seamos para la tierra sal purificadora.
Que en todas las gracias que recibamos
veamos tu cariño maternal.
Que busquemos imitarte en la amabilidad
para parecernos a Ti.
Que sepamos hacernos amables a todos.
Que quien nos mire te vea.
¡Oh Dios!, que por medio de la Inmaculada
Concepción de la Virgen
preparaste digna morada a tu Hijo,
te rogamos que así como por la muerte
prevista de ese Tu Hijo la preservaste de toda mancha,
así nos concedas por su intercesión
las gracias que te pedimos en esta novena
y llegar a Ti enteramente limpios de pecado.
Por el mismo Jesucristo Nuestro Señor,
que contigo vive y reina
por los siglos de los siglos. Amén. 
(Patricia)
8 de dezembro, Imaculada Conceição de Maria!
 
Madre Inmaculada,
Tú realizas nuestro ideal de Madre Purísima,
y lo eres para nosotros.

Por tu Inmaculada Pureza,
que al mirarte nos hagamos puros,
al escucharte nos apartemos del pecado,
y al hablarte vayamos hacia Dios, Hijo tuyo.
Que al contacto con tu pureza
seamos para la tierra sal purificadora.
Que en todas las gracias que recibamos
veamos tu cariño maternal.
Que busquemos imitarte en la amabilidad
para parecernos a Ti.
Que sepamos hacernos amables a todos.
Que quien nos mire te vea.
¡Oh Dios!, que por medio de la Inmaculada
Concepción de la Virgen
preparaste digna morada a tu Hijo,
te rogamos que así como por la muerte
prevista de ese Tu Hijo la preservaste de toda mancha,
así nos concedas por su intercesión
las gracias que te pedimos en esta novena
y llegar a Ti enteramente limpios de pecado.
Por el mismo Jesucristo Nuestro Señor,
que contigo vive y reina
por los siglos de los siglos. Amén.   
(Papa Francisco, Facebook)


terça-feira, 12 de novembro de 2013

PAPA Francisco e o milagre eucarístico de Buenos Aires



"Isto é o meu corpo! ...

O ATUAL Papa Francisco conduziu investigação para comprovar um dos maiores milagres eucarísticos da história recente, ocorrido em Buenos Aires em 1996.


Foi o chamado Milagre Eucarístico de Buenos Aires, onde uma Hóstia Consagrada tornou-se Carne e Sangue. O Cardeal Jorge Bergoglio, Arcebispo de Buenos Aires, hoje Papa Francisco, ordenou que se chamasse um fotógrafo profissional para tirar fotos do acontecimento para que os fatos não se perdessem. Depois foram conduzidas pesquisas de laboratório coordenadas pelo Dr. Castanon.


Os Estudos mostraram que a matéria colhida da Hóstia era uma parte do ventrículo esquerdo, músculo do coração de uma pessoa com cerca de 30 anos, sangue tipo AB de uma pessoa que tivesse sofrido muito com a morte, tendo sido golpeado e espancado. Os cientistas que realizaram o exame e os estudos não sabiam que era material proveniente de uma Hóstia Consagrada, isso só lhes foi revelado após a análise, e foram surpreendidos porque haviam encontrado glóbulos vermelhos, glóbulos brancos pulsando durante a análise, como se o material tivesse sido colhido direto de um coração ainda vivo.

terça-feira, 5 de novembro de 2013

PROF. Felipe Aquino: O dia em que Nossa Senhora me salvou da morte

Foto: O dia em que Nossa Senhora me salvou da morte
Testemunho do professor Felipe Aquino. 

Foi no dia 17 de outubro de 1994, uma segunda-feira. Eu tinha terminado de dar aulas na Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, SP, UNESP, e tomei a Via Dutra em direção a Lorena. Uma carreta tombou e atravessou na pista na minha frente e o trânsito parou. Um caminhão carregado de ladrilhos, que vinha atrás de mim, não conseguiu parar, estava chovendo, bateu com tanta força no meu carro, por trás, que o meu banco quebrou e fiquei deitado no carro. Em seguida, o carro girou 180º e ele me pegou pela frente. Naquele instante eu vi o adesivo de Nossa Senhora que estava no vidro da frente do carro, entre o caminhão e eu. Clamei por três vezes a Nossa Senhora Aparecida. Depois de um estrondo meu carro foi jogado no acostamento. Perda total do veículo como se pode ver na foto; era um gol 1994, que não tinha seguro. Eram seis horas da tarde e eu estava rezando o Terço enquanto dirigia, com um tercinho branco que tinha ganhado no domingo, no final de um Maranathá de jovens. O carro se acabou, mas nada, nada, ocorreu comigo, um verdadeiro milagre.

Uma semana antes eu tinha acabado de escrever o livro A MULHER DO APOCALIPSE, mostrando as glórias da Virgem Maria; depois de ter feito a minha Consagração a ela pelo método de São Luiz de Montfort. 

Um pouco antes do acidente eu tinha ganhado um adesivo de Nossa Senhora e colocado no vidro da frente do carro. Quando os policiais conseguiram me tirar do carro todo amassado, um deles me perguntou: “Como você está vivo?”. Eu lhe mostrei o tercinho branco em minha mão. 

Meu carro não tinha seguro, mas o caminhão tinha seguro contra terceiros, e sem qualquer dificuldade o motorista do caminhão se prontificou a solicitar o seguro; recebi um novo carro, 0 km, gol 1994, azul; nele eu coloquei dois adesivos, um na frente e outro atrás. Senti que o Mal queria me liquidar naquela hora, mas a Virgem Bendita me protegeu. Como disse São João Vianney: “ele não conseguiu pegar o pássaro mas destruiu a gaiola”. Quando contei ao Padre Jonas Abib, ele me disse: ”Deus te deu uma sobrevida para você trabalhar para ele”.

Felipe Aquino.
Professor Felipe Aquino
FOI no dia 17 de outubro de 1994, uma segunda-feira. Eu tinha terminado de dar aulas na Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá, SP, UNESP, e tomei a Via Dutra em direção a Lorena. Uma carreta tombou e atravessou na pista na minha frente e o trânsito parou. Um caminhão carregado de ladrilhos, que vinha atrás de mim, não conseguiu parar, estava chovendo, bateu com tanta força no meu carro, por trás, que o meu banco quebrou e fiquei deitado no carro. Em seguida, o carro girou 180º e ele me pegou pela frente. Naquele instante eu vi o adesivo de Nossa Senhora que estava no vidro da frente do carro, entre o caminhão e eu. Clamei por três vezes a Nossa Senhora Aparecida. Depois de um estrondo meu carro foi jogado no acostamento. Perda total do veículo como se pode ver na foto; era um gol 1994, que não tinha seguro. Eram seis horas da tarde e eu estava rezando o Terço enquanto dirigia, com um tercinho branco que tinha ganhado no domingo, no final de um Maranathá de jovens. O carro se acabou, mas nada, nada, ocorreu comigo, um verdadeiro milagre.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

ATOR que interpretou Jesus no filme "A Paixão de Cristo" teve sua carreira arruinada em Hollywood

O ATOR norte-americano Jim Caviezel explicou que ter interpretado Jesus no filme A Paixão de Cristo “arruinou” sua carreira mas esclareceu que não se arrepende de tê-lo feito.

Em declarações ao Daily Mail, Caviezel de 42 anos explica como logo depois de ter interpretado o papel de Cristo no filme –em cuja filmagem foi atingido por um raio e deslocou um ombro em uma cena da crucificação– as portas de Hollywood foram fechando-se uma atrás da outra para ele. “Fui rechaçado por muitos em minha própria indústria”, indicou.
Ante um grupo de fiéis em uma igreja em Orlando, Flórida, onde chegou para promover um livro em áudio da Bíblia, Caviezel -que se declara católico- comentou que era consciente de que isto podia acontecer e não se arrepende de ter atuado como Cristo. Mel Gibson, o diretor da obra, também o advertiu das conseqüências negativas para sua carreira se aceitava o papel.

“Disse-me: ´Você nunca voltará a trabalhar nesta cidade (Hollywood) e eu respondi: ‘Todos temos que abraçar nossas cruzes’. Jesus é tão polêmico hoje como sempre foi. As coisas não mudaram muito em dois mil anos”, disse.

Caviezel, quem atuou em filmes como O Conde de Montecristo, Olhar de Anjo, e Além da Linha Vermelha era considerado antes da Paixão de Cristo como uma estrela ascendente em Hollywood, mas tudo mudou a partir da produção de 2004 que foi atacada ferozmente pelos meios seculares.

Sobre Mel Gibson, Jim Caviezel comenta que “é um pecador horrível, não?, entretanto ele não necessita nosso juízo mas as nossas orações“.

O ator afirmou também que sua fé o guia no âmbito pessoal e profissional. Por isso, não acredita que tenha sido uma coincidência que “aos 33 anos pedissem interpretar o papel de Jesus” e brincou sobre o fato de que seus iniciais (JC) fossem as mesmas que as de Jesus Cristo.

Em março de 2004, Jim Caviezel foi recebido pelo Papa João Paulo II com quem conversou durante uns dez minutos acompanhado por sua esposa e seus sogros. Esse mesmo mês, o ator concedeu uma interessante entrevista à agência ACI Prensa na que detalhou como o fato de ter interpretado Jesus transformou sua vida e fortaleceu muito sua fé.
Naquela ocasião disse: “esta experiência me jogou nos braços de Deus”.
 

(Facebook)

sábado, 19 de outubro de 2013

EVANGELHO do Domingo: "E Deus, não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele?"

JESUS contou aos discípulos uma parábola, para mostrar-lhes a necessidade de orar sempre, sem nunca desistir: "Numa cidade havia um juiz que não temia a Deus, nem respeitava homem algum. Na mesma cidade havia uma viúva, que vinha à procura do juiz, e lhe pedia: 'Faze-me justiça contra o meu adversário!' Durante muito tempo, o juiz se recusou. Por fim, ele pensou: 'Não temo a Deus e não respeito ninguém. Mas esta viúva já está me importunando. Vou fazer-lhe justiça, para que ela não venha, por fim, a me agredir!'" o Senhor acrescentou: "Escutai bem o que diz esse juiz iníquo! E Deus, não fará justiça aos seus escolhidos, que dia e noite gritam por ele? Será que vai fazê-los esperar? Eu vos digo que Deus lhes fará justiça bem depressa. Mas o Filho do Homem, quando vier, será que vai encontrar fé sobre a terra?" (Lucas 18, 1-8)

Salve Maria!

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!